25 De Novembro

25 de Novembro, dia Internacional de Combate a Violência Contra as Mulheres.

Marcha Pelo Dia da Consciência Negra

Outro Olhar sobre a Situação da Mulher Negra.

A comunidade e Vários Movimentos de Esteio no dia 20 de Novembro Marchou pelo centro da cidade.

Hoje no Brasil as companheiras negras  sofrem dois tipos de violência, preconceito de genero e de raça. Isso tudo está ligado a desigualdade e processo de exclusão por onde passa alguns segmentos da nossa sociedade. Principalmente na saúde , as mulheres negras tem uma grande dificuldade a saúde de qualidade, e são as mulheres das comunidades quilambolas que mais sofrem com esse processo. Elas também tem dificuldades de ocupar alguns espaços pelo fato de se ter uma cultura que foi herdada historicamente pela composição do Estado Brasileiro, onde a descriminação e o preconceito persiste na manutenção da desigualdade.

Ativismo Feminista

 

ATIVISMO FEMINISTA

Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres De 23 de novembro a 10 de dezembro de 2010 Por que Ativismo Feminista? O período de 25 de novembro a 10 de dezembro foi escolhido como foco de ação por compreender quatro datas significativas na luta pela erradicação da violência contra as mulheres e garantia dos direitos humanos. O Coletivo de Estudos e Ações Feministas Vânia Araújo, tem a proposta de trabalhar este período intensamente com ações descentralizadas. A intenção é integrar outros movimentos interessados em participar das atividades, juntamente com o Conselho Municipal da Mulher e da Coordenadoria da Mulher. Buscando desta forma, somar forças e contribuir na construção de uma nova cultura, não sexista. Estão no calendário ações nas comunidades, distribuição de materiais informativos e participação das atividades da Marcha Mundial de Mulheres, que é um movimento feminista internacional do qual o Coletivo Vânia Araújo participa.

Datas confirmadas 20/11- Ação Na Rua Coberta “ Saúde da mulher Negra” Fazer material sobre índice de violência contra mulher negra

23/11 – O Coletivo Vânia Araújo usará a Tribuna para divulgar 3º Ação Internacional da Marcha Mundial de Mulheres 19h

25/11- Ação na comunidade Vila Nova 15h Apresentação do filme sobre a história das irmãs Mirabel Dinâmica Lanche Coletivo A História da Data O 25 de Novembro foi escolhido como Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher em decorrência de que nesta data, no ano de 1960, as irmãs Mirabel (Patrícia, Minerva e Maria Tereza), foram assassinadas na República Dominicana, pelo regime Ditatorial de Rafael Trujillo, que durou trinta e um anos (1930-1961). Os assassinatos foram uma represália à participação de Minerva como líder de um movimento de oposição ao regime. A escolha da data foi deliberada em evento realizado em Bogotá – Colômbia, no ano de 1981, no I Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe, em homenagem às três irmãs. A ONU, em 1990, reconheceu esse tipo de violência como tema legítimo dos Direitos Humanos e, em 1999, formalizou o 25 de Novembro como Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher Mais

Atividade na Associação do bairro Sto. Inácio

Coletivo Vânia Araujo na Associação do Sto. Inácio

Atividade no dia 28/10/2010 ás 16hs, estiveram presentes as companheiras e moradoras do bairro: Regina Paz, Ilda Paz, Alexandra Cardoso, Antoni, Andrea, Eloi Ferreira, Rosane e Noeli.

Mais